Advogado inglês de 41 anos abre processo para que família o sustente

Homem alega violação aos direitos humanos.

0 83

Faiz Siddiqui, de 41 anos de idade, entrou na Justiça para processar os pais. O advogado, graduado pela Universidade de Oxford, morava em um apartamento de um milhão de libras, o que corresponde a aproximadamente R$ 8 milhões, localizado em uma das regiões mais caras de Londres, e com todas as suas despesas pagas.

Além das regalias, ele recebia uma mesada de 400 libras por semana, equivalente a R$ 3 mil. Mas, em razão de uma briga com os pais, que moram em Dubai, Siddiqui acabou tendo os seus mimos cortados, o que acarretou na abertura de um processo judicial.

Faiz Siddiqui
Faiz Siddiqui (Imagem: DailyMail / Reprodução)

O processo

Sem trabalhar desde 2011, Faiz Siddiqui argumenta ser uma “criança grande” e vulnerável, em função de problemas de saúde alegados por ele. Segundo registros do processo, divulgados pela imprensa inglesa, o homem compara o corte de sua mesada, feito pelos pais, como uma violação aos direitos humanos.

Esse não é o primeiro processo inusitado de Siddiqui. Em 2018, ele tentou processar a Universidade de Oxford por não ter lhe ofertado uma capacitação adequada, refletindo em sua profissão de advogado. O prejuízo estimado era de um milhão de libras, mas a ação não seguiu adiante.

O processo contra os pais também foi recusado pela primeira vez, na vara de família. No momento, ele se encontra em uma corte de apelações, podendo dar abertura de um precedente jurídico para demais casos.

Veja também: FBI confirma áudio de piloto com relato de OVNI no Novo México

você pode gostar também
Deixe um comentário