Telas de smartphones que podem curar seus danos? Conheça o estudo

Tecnologia utiliza óleo de linhaça para reparar os danos sofridos na tela do smartphone.

0 28

Você já teve um aparelho que se espatifou no chão? A sensação é desesperadora, não é mesmo? O celular parece descer em câmera lenta até atingir o solo e, como a Lei de Murphy não costuma falhar, normalmente a queda termina com a tela para baixo em milhões de pedaços menores. 

Daí só nos resta duas soluções, certo? Conviver com a tela quebrada ou arcar com os custos do conserto. No entanto, pesquisadores do Instituto de Ciência e Tecnologia da Coreia (KIST) estão tentando construir uma tecnologia de tela que se cura sozinha

A equipe já conseguiu desenvolver um material eletrônico responsável por consertar suas próprias rachaduras e outros danos físicos. E a inovação tem um ingrediente secreto, mas muito conhecido: óleo de linhaça. 

O óleo é feito de sementes de linho que foram adaptadas pelos pesquisadores para serem adicionadas à poliimida incolor (CPI). Ela é uma alternativa para o vidro que já está sendo utilizado nos smartphones com tela dobráveis. 

O óleo adicionado consegue se infiltrar nas rachaduras feitas quando o CPI é fraturado. Isso significa que, se os pesquisadores conseguirem fazer a tecnologia funcionar em grande escalada, as telas poderão ser capazes de curar suas próprias rachaduras. 

No processo, o óleo de linhaça foi colocado primeiro em microcápsulas. Depois, elas foram misturadas com um material de silicone que foi usado como revestimento em cima do CPI. O material foi projetado de modo que as quebras do CPI também causasse danos nas microcápsulas. Ou seja, liberando o óleo armazenado para reparar os danos. 

A tecnologia funciona à temperatura ambiente e sem a necessidade de pressão externa. De acordo com os pesquisadores, temperaturas mais altas, maior umidade e luz ultravioleta podem acelerar os processos de cicatrização. Sob condições ideais e incidência de radiação ultravioleta, o material pode substituir 91% das rachaduras dentro de apenas 20 minutos.

Você também vai se interessar: 15 invenções fantasticas para te impressionar

você pode gostar também
Deixe um comentário