Saiba o que é o cemitério das estátuas e para que ele serve

Motivos para que essas peças e monumentos terem deixado seu lugar de origem são variados, inclusive por protestos antirracistas.

0 37

Na cidade de São Paulo, no bairro do Canindé, existe um abrigo para diversos monumentos. Chamado de “cemitério das estátuas“, o lugar aloja atualmente imagens e resquícios de diferentes obras e monumentos retirados da rua da capital paulista.

Hoje em dia, o galpão guarda 11 peças. Segundo a Secretaria de Cultura de São Paulo, o intuito é de que um dia elas sejam retornadas às ruas.

Veja também: O que é o efeito Thatcher e como ele funciona no nosso cérebro

Lá estão duas lagostas gigantes, as patas do cavalo do Duque de Caxias, bustos de alguns escritores, uma águia, duas lagostas e o corpo de um escoteiro inteiro. Os motivos para que esses monumentos terem deixado seu lugar de origem são variados.

Entre eles protestos antirracistas, que buscam acabar com homenagens à pessoas vinculadas ao movimento escravocrata. A retirada de monumentos também é comum para dar espaço à obras públicas ou então por motivo de terem sido danificadas ou recuperadas após furtos.

“Eles são úteis porque nos fazem pensar se precisamos de monumentos, quais não temos, quais temos e como lidamos com essas estéticas da memória”, defende a artista plástica e professora da Universidade de São Paulo (USP) Giselle Beiguelman, que estuda desde 2014 as causas que levaram essas obras a deixarem as ruas.

Em certos casos, nem mesmo os próprios registros históricos podem explicar a razão da produção de uma estátua ou sua retirada/troca do lugar de origem. É o que explica Beiguelman em seu livro Memória da Amnésia: Políticas do Esquecimento (2019).

Com uma abordagem mais artística sobre o tema, a artista/pesquisadora pondera e diz que nem todos os monumentos devem ser devolvidos às ruas. Isso porque muitos foram criados de forma aleatória. No entanto, segundo ela, eles ainda exercem o papel de guardadores da memória, atuando na preservação da história de um determinado lugar.

você pode gostar também
Deixe um comentário