Concha encontrada em 1931 pode ser um dos instrumentos musicais mais antigos do mundo

Instrumento foi descoberto em 1931, mas a princípio classificado como copo cerimonial.

0 54

Uma concha de no mínimo 18 mil anos foi descoberta por pesquisadores, em uma caverna na gruta de Marsoulas, nos Pirineus franceses. O objeto ainda produz notas musicais e os arqueólogos acreditam que pode ser o instrumento de sopro mais antigo do mundo.

A concha foi localizada em 1931, só que na época os arqueólogos categorizaram o objeto como copo cerimonial.

Concha 1931
Concha descoberta em 1931

Não notada por quase um centenário

Um grupo do Centro Nacional de Pesquisa Científica, na França, conseguiu usar técnicas de imagem avançadas para avaliar as alterações no item. Dessa forma, os cientistas identificaram a instalação de um bocal. Na pesquisa, publicada no jornal Science Advances, foi possível escutar as notas dó, ré e dó sustenido.

Em 1931, assim que foi encontrado, o instrumento passou despercebido, sendo classificado somente como um copo cerimonial. Porém, com um olhar mais cuidadoso, quase 100 anos depois, identificou-se que sua ponta estava quebrada. Logo em seguida, os cientistas desconfiaram que não era nada acidental e resolveram estudar melhor o item.

Os pesquisadores usaram tomografias computadorizadas para avaliar seu interior. Nele, foram identificados dois orifícios adicionais empregues para acomodar o tubo do bocal, que era ornamentado com um pigmento vermelho.

Instrumento ornamentado com pigmento vermelho
Instrumento ornamentado com pigmento vermelho

Um trompista auxiliou os cientistas a produzirem os tons e a resposta foi bem-sucedida. Assim, a equipe pretende avaliar o instrumento mais detalhadamente para verificar se ele consegue emitir notas além das três ouvidas.

Leia também: Após 19 anos viajando em voos sem pagar nada, idosa é presa nos EUA

Deixe um comentário